As transferências de dinheiro podem servir como uma rede de segurança para proteger as famílias carentes.

As transferências de renda são importantes não

apenas para ajudar as famílias a saírem da pobreza, mas também para protegê-
las de choques econômicos, como os causados pelo desemprego, doenças,

desastres naturais ou a morte de um membro da família. Quando as famílias não
têm a capacidade de lidar com os choques, as crianças podem sofrer
consequências imediatas e de longo prazo quando precisam abandonar a
escola, trabalhar em condições perigosas ou não ter acesso à nutrição em
estágios críticos de desenvolvimento. Embora possa ser tecnicamente
desafiador estimar o impacto das transferências de renda na mitigação de riscos,
um estudo baseado em evidências do México, por exemplo, mostrou que um
programa de transferência de renda serviu como uma rede de segurança para a
escolaridade de famílias que vivem na pobreza.
https://blog.mngbrasil.com.br/como-encontrar-uma-agencia-da-moneygram-em-fortaleza/
Além disso, evidências do Projeto de Transferência de Dinheiro, um projeto de
avaliação de impacto de vários países na África, mostra uma redução nas
estratégias negativas de enfrentamento de riscos, como mendicidade ou
mudança nos padrões alimentares em três países, e l menor probabilidade de
as crianças abandonarem a escola em quase todos os países (Davis et al. 2016).
O mesmo projeto conclui que o Programa de Subsídios para Crianças da Zâmbia
permite que as famílias pobres empreguem estratégias de sobrevivência
tipicamente usadas pelos não pobres, como poupança para gastos, contribuindo
para o consumo de alimentos suave em face da produção agrícola e choques de
preços.

Leave a Reply

Your email address will not be published.